Blog

Imprensa Internacional publica 30 artigos sobre participação brasileira na Gamescom

A imprensa internacional publicou 30 artigos sobre a participação dos desenvolvedores brasileiros de games na Gamescom. Este é um dos maiores eventos de games do mundo, e acontece todo ano em Colônia, Alemanha, em agosto. A divulgação foi feita na Europa em três idiomas: Alemão Francês e Inglês, pela HomeRun PR, em parceria com a FD Comunicação. O resultado foram 500 mil visualizações, e um media value de US$ 366.000,00.

A participação no evento foi promovida pela Abragames, em parceria com o programa de exportação Projeto BGD e a Apex-Brasil, e contou com a adesão de desenvolvedores brasileiros interessados em mostrar seus games no exterior.

Objetivo é fortalecer a indústria nacional

Essa ação faz parte dos esforços da Abragames e seus parceiros para fortificar a indústria independente brasileira de criação de jogos, transformando nossos produtos em jogos para exportação.

Também faz parte desta estratégia realizar anualmente o BIG Festival, que se transformou no maior evento de jogos independentes da América Latina, e numa vitrine para o mundo.

Quatro jogos brasileiros em destaque na Alemanha

Voltando à Gamescom, este ano tivemos quatro jogos brasileiros exibidos no Indie Arena Booth 2017, organizado pela Indie Arena alemã. Necrosphere (Cat Nigiri), Heavy Metal Machines (Hoplon), Starlit Archery Club (Rockhead Games) e No Heroes Here (Mad Mimic).

Os principais destaques da cobertura são o artigo publicado no Gamasutra, com 3.4 milhões de visitantes mensais; Develop Online, com 303 mil visitantes mensais, tem foco em desenvolvimento de jogos, e também na indústria e nos negócios; e Gamesmrkt Daily, 181 mil visitas mensais, uma revista alemã especializada na indústria dos games.

Todos os links dos materiais coletados seguem logo abaixo.

Invision Community
GamaSutra
Gaming Cypher
Develop Online
KShinaberry (Twitter)
The GG
N4G
MMO Examiner
Max Console
Caffeine Gaming
Daily Motion
Inside Indie
Indian Noob
Versus Media
Stak RN – E-Sports and Business
Drops de Jogos (Inglês)
Xbox Dynasty (Alemanha)
Splash Games (Alemanha)
PlayStation Experience (Alemanha)
Tech Art Geek (Alemanha)
Actualités Jeux Video (França)
AFJV (França)
TopFree (Alemanha)
Games Power World (Alemanha)
Games Unit (Alemanha)
Media BIz (Alemanha)
Hyper Lightup (Entrevista – Necrosphere)
Hyper Lightup (Entrevista – No Heroes Here)

 Sobre a Abragames

Criada em 2004 por um grupo de empresas de desenvolvimento, a Abragames, Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais, surgiu como uma entidade sem fins lucrativos e com o objetivo de fortalecer a indústria nacional de desenvolvimento de jogos. A Abragames é uma associação de desenvolvedores para desenvolvedores. Os principais objetivos da Abragames são organizar, coordenar, fortalecer e promover a indústria brasileira de jogos digitais através da representação e interlocução do ecossistema nacional e internacional, construindo um entendimento de todos os elementos de nossa cadeia de valor, bem como a promoção de eventos e parcerias que tragam ao estado da arte o desenvolvimento da indústria de jogos no Brasil.

Sobre o BIG Festival

O BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival), primeiro festival de mercado com foco na produção independente de games do Brasil e único na América Latina, visa fortalecer a produção independente de games no Brasil por meio da capacitação de profissionais, troca de experiências e se estabelece como hub de negócios na América Latina para desenvolvedores de jogos nacionais e internacionais. Ao todo, na soma de ambas as premiações, o BIG Festival recebeu inscrições de 768 jogos, de 54 países diferentes. A programação inclui atividades exclusivas para profissionais da área e outras abertas ao público, que incluem o BIG Business Forum, o fórum de negócios do festival.

Sobre nós

FD Comunicação é a agência de marketing e PR para a indústria de game. Com sede em São Paulo e 20 anos de história, nós divulgamos mais de 1000 jogos nacionais e estrangeiros, criados por desenvolvedores indies e pelas maiores publishers do mundo.