A E3 2019, maior feira de games do mundo, realizada na semana passada, em Los Angeles, teve foco no streaming este ano. Gigantes da indústria de games apresentaram ou deram mais detalhes de suas novas plataformas online durante a feira, que vão revolucionar desde a produção até a distribuição dos jogos de PC e consoles. Ainda este ano!

O movimento é o mesmo do mercado de entretenimento em geral. Netflix para filmes, Spotify para música. Microsoft, Google, Ubisoft, disputando seu espaço. O novo modelo de negócios oferece ao gamer uma série de jogos mediante o pagamento de uma mensalidade, fazendo um mix entre lançamentos e clássicos.

Eu contei tudo sobre streaming em dois artigos, publicados aqui no blog. Os links estão no fim desta publicação.

Conteúdo é Importante para Atrair o Gamer para a Plataforma

A Microsoft deu a largada, no dia 9, em sua conferência. A Microsoft não esteve na feira, mas aproveitou o teatro que tem ao lado do Convention Center, onde é a realizada a E3, para mostrar seus jogos durante os dias em que a E3 foi realizada.

Na conferência, Phil Spencer, vice-presidente de games da Microsoft, disse que o importante é facilitar o acesso aos games para todos. E no mesmo evento foram anunciados 60 jogos, a maioria indies, criados nos estúdios que a empresa adquiriu no último ano. Eles serão oferecidos no Xbox Game Pass.

Lembrando que a Microsoft trabalha ainda na Microsoft XCloud, plataforma que vai concorrer com o Google Stadia, anunciado recentemente. Embora estejam em diferentes estágios de desenvolvimento, ambos os serviços são cloud gaming. A ideia é rodar games na nuvem, remotamente, como por exemplo continuar o jogo iniciado no PC de casa, em qualquer dispositivo. Isso vai mudar tudo. A forma como eles serão jogados, produzidos, vendidos e entregues.

A Verdadeira Revolução nos Games

Semanas antes, a Sony PlayStation anunciou uma parceria no serviço de nuvem com a Microsoft, sua principal concorrente nos consoles. Nada ficou muito claro ainda, mas o fato não deixa de ser histórico.

Além das 1st party, publishers também estão entrando na distribuição de seus próprios games. Em sua conferência, a Ubisoft lançou o UPlay Plus, serviço de assinatura para jogos de PC, que vai começar em 3 de Setembro. Por US$ 14,99 por mês os fãs dos jogos da empresa terão acesso a mais de 100 jogos de PC.O serviço é similar ao Xbox Game Pass, que teve sua versão para jogos de PC anunciada na conferência que precedeu a E3. Durante a fase beta o serviço custará US$ 4,99 mensais e dará acesso a 10 títulos, entre eles o que a empresa tem de melhor: Gears 5, que será lançado este ano. Assim que terminar o beta o preço será de US$ 9,99 por mês ampliando a oferta de títulos para 100, desenvolvidos por 75 estúdios diferentes.

Outro serviço similar é a EA Origin, que dá acesso a games de PC e de consoles também. A novidade é que além dos títulos de Xbox One, em 4 de Julho os gamers poderão jogar os games da EA para PlayStation 4. O novo serviço vai custar US$ 4,99 por mês. Mesmo preço do serviço que libera os games de Xbox One. A EA tem parceria com a Microsoft já há cinco anos, e a Sony resistiu até agora porque tem o PlayStation Now, seu próprio serviço de streaming.

Para PC existem ainda a lendária Steam, a líder de mercado, pertencente a Valve; e a novata Epic Games Store (empresa do grupo do Fortnite), que nos últimos meses têm lançado muitos títulos exclusivos. A diferença é o modelo de negócios. Elas funcionam como lojas e as vendas são por título. Não há assinatura. Ainda.

E3 2019 Teve Lançamento de Games Também 

A Microsoft e a Sony anunciaram seus novos consoles para 2020. Numa fase de transição dos consoles o número de lançamentos de games diminui drasticamente.

Mesmo assim, gamers ávidos por novos títulos terão poucas, mas boas opções.

A Bethesda Softworks anunciou vários títulos. Entre eles Wolfenstein Youngblood, que chega em 26 de Julho, e DOOM Eternal, em 22 de Novembro. Para todas as plataformas. Gears 5, um dos melhores exclusivos da Microsoft, chega para Xbox One e PC, em 10 de Setembro. Borderlands 3, da Take-Two, em 13 de Setembro; PES 2020, da Konami, em 10 de Setembro e o concorrente Fifa 20, da EA, em 27 de Setembro, Ghost Recon Breakpoint, da Ubisoft, em 8 de Outubro. Pokémon Sword e Pokémon Shield para Nintendo Switch em 15 de Novembro, mesma data de StarWars Jedi: Fallen Order, da EA.

Muitos outros jogos ficaram para 2020.

Como Ficam os Consoles?

Por incrível que pareça, os consoles não foram o foco da maior feira de games do mundo. Semanas antes, a Sony anunciou algumas características do PS5. Em termos de hardware, o processador adotado será um de oito núcleos baseado na linha Ryzen, da AMD. A GPU será uma versão customizada do Radeon Navi, também da AMD. O console vai ter suporte à tecnologia Ray Tracing – que oferece mais realismo na iluminação de objetos tridimensionais – e uma unidade de áudio 3D.

O disco rígido será substituído por uma nova unidade mais veloz do que SSDs. Com isso, a Sony afirma que o tempo de carregamento de um jogo no PS5 será muito menor do que nos consoles atuais. Uma tela de loading de 15 segundos no PS4 Pro seria reduzida a 0,8 segundo no PS5.

A Microsoft apelidou o novo console de Scarlett e garantiu que ele será parrudo, e não deu mais detalhes na E3. A empresa também havia anunciado antes que a CPU personalizada será baseada na arquitetura Zen 2 da AMD, com memória RAM GDDR6 e SSD para armazenamento que promete também fazer as vezes de memória RAM virtual. Isso permitirá a execução de jogos em 8K, alcançando taxas de quadros de até 120 frames por segundo. Scarlett terá suporte ao Ray Tracing como o concorrente PS5. A promessa é de reduzir drasticamente os tempos de carregamento dos jogos, oferecendo mais realismo gráfico.

Sobre a Maior Feira de Games do Mundo…

A Electronic Entertainment Expo, mais conhecida como E3, é uma feira internacional dedicada a jogos eletrônicos. É considerada a mais importante do gênero, por reunir novidades relativas a lançamentos e tendências de mercado de várias empresas do setor dos jogos. Atualmente é aberta ao público pagante.

Local: Los Angeles, de 11 a 13 de Junho de 2019
Organização: Entertainment Software Association

Por Fernanda Domingues

Leia também:

Streaming: O Assunto mais Discutido na Internet em Março de 2019
Guerra de Gigantes: Microsoft Entra para o Mercado de Live-Streaming


Sobre nós

Somos uma agência de comunicação diferente, que há 22 anos se dedica a um único mercado: games. Promovemos a interação das empresas com o público geek e gamer brasileiro. Oferecemos  suporte a corporações dos mais diversos setores que desejam conectar suas marcas com os fãs de games, torcedores de eSports, influenciadores e jornalistas.

Acompanhe nossas redes sociais: Facebook | Twitter | LinkedIn


Recent Posts / View All Posts

Equipes de Esports que mais Faturam em 2019

Veja as 5 Equipes de Esports que mais Faturam em 2019

| Blog, eSports | No Comments

O Co CEO e dono da Team Liquid, Steve Arhancet deu essa entrevista pra Forbes esta semana contando o segredo da equipe que mais faturou prêmios este ano: organização e…

10 Jogos mais Assistidos na Twitch em 2019

Conheça os 10 Jogos mais Assistidos na Twitch em 2019

| Blog, Games | No Comments

Neste primeiro semestre de 2019, o legendário League of Legends (Riot), LoL pros íntimos, recuperou sua posição de liderança na Twitch com 512 milhões de horas assistidas. A briga foi…

Conheça os Melhores Jogos da América Latina de 2019

Conheça os Melhores Jogos da América Latina em 2019

| Blog, Games | No Comments

O BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival) tomou conta de São Paulo entre os dias 26 e 30 de junho, em sua sétima mostra anual. No total, entraram na competição…

Streaming do Google, Google Stadia

Conheça os 31 Games Oferecidos pelo Streaming do Google

| Blog, Games | No Comments

Google Stadia, a maior sensação dos games em 2019, será lançado em Novembro, com 31 jogos, por 9,99 USD mensais, em 14 países, e o Brasil não está na lista….